Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2019

DEIXEM NOSSAS CRIANÇAS EM PAZ

Imagem
por Delmo Fonseca | A cultura humanista é um rio caudaloso e de tempos em tempos suas águas rompem as barreiras que o margeiam. Na prática, estas barreiras são compostas por leis e costumes. À semelhança de Cícero, que bradou “ O tempora! O mores!” ("Ó tempos! Ó costumes!), diante da constatação da decadência moral e dos costumes dissolutos de Roma, podemos soltar um brado ainda mais retumbante, pois os costumes do nosso tempo fazem os de Roma parecerem pueris. Aliás, um dos diagnósticos dessa decadência aponta para o neopaganismo. Os “deuses” modernos têm sido objeto de culto e adoração por parte daqueles que ignoram o evangelho da cruz, que por natureza é contracultural. A cultura cristã consiste num sistema de valores que se opõe frontalmente ao “espirito da época” ( zeitgeist ), o rio caudaloso que tudo arrasta. Um exemplo desse embate se encontra no campo da moralidade, especificamente no que diz respeito aos limites das ações humanas. Por estar mergulhada num

SOBRE PROFECIAS E "PROFETADAS"

Imagem
po r   Delmo Fonseca | Os movimentos religiosos são pródigos em apresentar novidades. Há novidades do lado de lá e novidades do lado de cá, se considerarmos este lado de cá como o dos evangélicos brasileiros. Por ora analisemos uma das novidades do lado de cá: as tais “profetadas”. Este é um termo jocoso muito utilizado por aqueles que questionam a legitimidade dos irmãos e irmãs (“vasos”) que vez ou outra pronunciam a expressão “o Senhor me faz saber que…” A partir do enunciado “o Senhor me faz saber que…”, segue-se um rosário de “visões”, “revelações” e o “manto de Jeová”, tudo advindo do Senhor. Há quem chame de profecias as famigeradas “profetadas”, tais como: “O Senhor me faz saber que… o irmão terá uma grande vitória no trabalho”; “O Senhor me faz saber que… a enfermidade da irmã sarará daqui a dois dias”; “O Senhor me faz saber que… um inimigo se levantará contra sua unção” etc.   Certa feita, ao visitar seu pai que estava internado, um amigo resolveu entrar numa