Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2018

O CRENTE “NUTELLA” E A PAIXÃO PELO TORTUOSO

Imagem
por Delmo Fonseca | Na primeira estrofe do “Poema de sete faces”, Drummond se vale do seu “eu-lírico” para dizer: “Quando nasci, um anjo torto desses que vivem na sombra disse: Vai, Carlos! ser gauche na vida.” Ao citar os versos do grande poeta itabirano no prelúdio desse texto, pretendo destacar apenas a predileção que muitos têm pela “esquerda”, ainda que desconheçam o verdadeiro sentido do “esquerdismo”.   Drummond sabia das coisas. Até mesmo o anjo conselheiro do seu “eu-lírico” pendia para a esquerda, o que necessariamente o aconselhava a seguir nesta direção: “Vai, Carlos! ser gauche na vida.”   O poeta se utiliza da palavra gauche - um estrangeirismo francês que corresponde a “esquerdo” em nosso português-, para delinear seu destino na vida.   Dessa maneira, ser de esquerda corresponde dialeticamente a pender-se para a “negação”, um dos lados da contradição. Todo esquerdista convicto sabe que a verdade pode ser atropelada e negada em nome da revoluç