Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2018

GUERRA DE NARRATIVAS: O EVANGELHO EM TEMPO DE ‘FAKE NEWS’

Imagem
por Delmo Fonseca* Há um abismo entre uma boa notícia e um factoide. Ideias falsas têm se espalhado pelo mundo atestando que a mentira possui pernas longas, ao contrário do que supõe o imaginário popular. Desde o princípio, o Inimigo disputa com Deus o domínio da linguagem. De que maneira? Apresentando outras narrativas. A Bíblia nos dá vários exemplos, a começar por esta ordem dirigida a Adão: “De toda árvore do jardim comerás livremente, mas da árvore do conhecimento do bem e do mal não comerás; porque, no dia em que dela comeres, certamente morrerás” (Gn 2.16b-17). Em oposição a esta ordem, outra voz se levanta: “a serpente disse à mulher: É certo que não morrereis” (Gn 3.4). Ao longo de toda a Escritura nos deparamos com Satanás propondo uma outra narrativa, seja de maneira explícita por meio de seus agentes ou influenciando quem aparentemente pareça estar acima de qualquer suspeita. No evangelho de Mateus 16.21-23, Jesus Cristo adverte seus discípulos sobre a ne

ARREPENDIMENTO

Imagem
por   Delmo Fonseca | "Por causa disto, três vezes pedi ao Senhor que o afastasse de mim. Então, ele me disse: A minha graça te basta, porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, mais me gloriarei nas fraquezas, para que sobre mim repouse o poder de Cristo. Pelo que sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias, por amor de Cristo. Porque, quando sou fraco, então, é que sou forte." (2Co 12.8-10). O poder de Deus se aprefeiçoa nas noss as fraquezas. Nos arrependemos quando abrimos mão de nossa arrogancia, de nossa própria justiça, de nosso "eu" autossuficiente. Então, rendidos, percebemos que a graça de Deus é a única coisa imprescindível para nós.  Senhor, a Tua preciosa graça nos basta e a Ti nos rendemos em total confiança na Tua justiça e no Teu amor!   Cresçamos em graça, Senhor, para Tua honra e Tua glória. Soli Deo Gloria!

ARREPENDIMENTO X REMORSO

Imagem
por Delmo Fonseca | Arrependimento não é remorso. “A tristeza segundo Deus produz um arrependimento que leva à salvação e não remorso, mas a tristeza segundo o mundo produz morte” (2Co 7.9). Os dois sentimentos são marcados por grande tristeza e aflição, porém o arrependimento produz mudança verdadeira. Remorso é tristeza pelas consequências de um pecado, mas não pelo pecado em si. É importante ressaltar que arrependimento na Bíblia ( metanoia em grego), significa uma m udança de rumo, direção, pensamento e conduta, ou seja, mudança de vida. O remorso tem tudo a ver com o nosso ego, porém o arrependimento tem tudo a ver com Deus. Portanto, a pregação pautada no evangelho de Cristo deve sempre destacar o arrependimento. O evangelho faz tudo e todos convergirem na cruz: um lugar de morte do “eu” e de ressurreição para o Reino de Deus.

SÍNDROME DO COITADINHO

Imagem
por Delmo Fonseca | Não pensem que sentimentos de desespero   o fariam adequado à misericórdia. Não é o que você sente que irá salvá-lo, mas o que Jesus sentiu. (C. H. Spurgeon) O ser humano busca se reinventar a cada instante. Todas as tentativas seguem na direção de seu próprio ego. O ‘homo rationalis’, cuja existência se apoiava na própria razão; dá lugar ao ‘homo sentimentalis’, todo coração. Segundo Pascal, “o coração tem razões que a própria razão desconhece”. Mas o que há de errado com o coração? Com este, exatamente nada; mas com a instrumentalização que se faz dele, tudo. O sentimento está sendo politizado. O que antes era uma expressão privada, transformou-se num ato público. O ‘homo sentimentalis’ não se deixa medir pela “régua” moral e sim pela “régua” afetiva. Como diria Rousseau - para quem o homem nasce bom, mas a sociedade o corrompe -, “se estou equivocado, eu estou sinceramente equivocado, e portanto, meu erro não será considerado um crime”.

#BemDito

Imagem
Imagem
“O coração humano é uma fábrica de ídolos” - Calvino.

SIMPLES ASSIM!

Imagem