Postagens

Mostrando postagens de Março, 2018

PORQUE SOIS CRISTÃOS...

Imagem
.

ENRAIZAMENTO - C. H. SPUERGEON

Imagem
.

A CONSCIÊNCIA

Imagem

ESTUDE - BAXTER

Imagem
.

EXERCÍCIO DA FÉ - SPURGEON

Imagem
.

PENSE NISSO

Imagem
.

A LEI A GRAÇA - SANTO AGOSTINHO

Imagem
.

SEM PEGADAS - ABRAHAM KUYPER

Imagem

IDOLATRIA - JOÃO CALVINO

Imagem

O MÉXICO É AQUI?

Imagem
por Delmo Fonseca | De tempos em tempos uma dúvida me sobrevém. Algumas vezes me flagrei questionando se o Haiti, Colômbia ou a Venezuela não seriam aqui. Desta vez a minha dúvida se volta para o México. Será que o México é aqui?   Digo isso porque nos últimos dias tenho me correspondido com um amigo, também pastor, natural daquele país que outrora fora conhecido por seu rico patrimônio histórico e cultural, e que atualmente mais parece uma “terra sem lei”. Dados oficiais indicam que o México atingiu no ano de 2017 o número recorde de homicídios desde que esses números começaram a ser registrados há 20 anos. Com uma média de 80 mortes por dia, ou 2.400 por mês, o país se vê mergulhado num caos: barbárie, corrupção e, principalmente, o narcotráfico. Os cartéis mexicanos são os principais provedores de drogas para os Estados Unidos. Há solução para o México? O meu amigo não sabe responder. Talvez ninguém saiba. No entanto, para salvaguardar sua família ele busca um re

DOAÇÃO - LUTERO

Imagem

MEMÓRIA E GRATIDÃO

Imagem
por Delmo Fonseca “Mas Sião diz: O SENHOR me desamparou, o Senhor se esqueceu de mim. Acaso, pode uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama, de sorte que não se compadeça do filho do seu ventre? Mas ainda que esta viesse a se esquecer dele, eu, todavia, não me esquecerei de ti” (Is 49.14e15). Há nas Escrituras um sem número de menções ao ato de recordar, isto é, "trazer de novo ao coração". Para os romanos o coração era a sede da memória. Ao se referir a Deus como aquele que constantemente se lembra, devemos pensar que este ato não implica, necessariamente, numa lembrança ou recordação pretérita, mas numa ação eficiente e que redunda em graça e misericórdia no presente. “E aconteceu que, destruindo Deus as cidades da campina, lembrou-se Deus de Abraão, e tirou a Ló do meio da destruição, derrubando aquelas cidades em que Ló habitara” (Gn 19:29). Passado, presente e futuro são categorias temporais a que estamos condicionados, mas Deus é eterno, o que s

A MARCA DO CRISTÃO - JOHN PIPER

Imagem
A MARCA DO CRISTÃO - JOHN PIPER

SOLOGAMIA. QUE ONDA É ESSA?

Imagem
por Delmo Fonseca | Ao exclamar, em seu discurso no Senado, “O tempora! O mores!” ("Ó tempos! Ó costumes!), Cícero se opunha aos vícios e corrupções de sua época. Esse brado era uma constatação da decadência moral e dos costumes dissolutos de Roma. Certamente tempos difíceis e deploráveis. Tal exclamação perpassou o tempo e seu uso ainda é pertinente em nossos dias.   “O tempora! O mores!” Posto isto, diria que os tempos atuais não são menos deploráveis do que os de Cícero. Se por um lado a moralidade cristã se encontra sob ferrenho ataque dos propagadores do “politicamente correto”; por outro, a Igreja segue firme destruindo fortalezas e anulando sofismas por meio do Evangelho. Há uma luta sendo travada entre a luz e as trevas.   Em nossos dias pululam novidades de ordem narcísica para todos os gostos, isto é, movimentos que incentivam o indivíduo a viver cada vez mais voltado para si e buscar seus   próprios interesses. Dentre as tantas “novidades”, uma onda

CONHECER A DEUS - JOÃO CALVINO

Imagem

AMOR: ÁGUA DA VIDA

Imagem
por Delmo Fonseca Quem nunca foi amado dificilmente saberá amar, ou seja, quem não experimentou a sensação de ser amado não pode dizer que ama. O apóstolo João afirma: “Nós o amamos porque ele nos amou primeiro” (1Jo 4.19). Só se pode conhecer o amor de Deus por meio da experiência de ser amado. Só quem tem noção da própria miserabilidade pode experimentar este amor. “Os sãos não necessitam de médico, mas, sim, os que estão doentes” (Mc 2:17). Ao sermos alcançados pelo amor de Deus, experimentamos o que há de mais sagrado, porque Deus é amor. “Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores” (Rm 5.8). João narra um episódio em que Jesus trava um diálogo com uma mulher junto ao poço de Jacó. A peculiaridade desta samaritana é que ela fora casada cinco vezes e se encontrava num sexto relacionamento. Jesus sabia que esta mulher nunca tinha sido amada. Consequentemente ela não conseguia amar. Isto prova que o

SER SANTO - PAUL WASHER

Imagem

PARA QUEM TEM OUVIDOS

Imagem
por  Delmo Fonseca | Quer você se volte para a direita quer para a esquerda, uma voz nas suas costas dirá a você: "Este é o caminho; siga-o".  Isaías 30.21 Você sabia que o inimigo de nossas almas nos quer de olhos bem abertos, porém de ouvidos bem fechados? O motivo é simples: somos capturados pelo olhar, somos tentados por aquilo que está diante de nossos olhos. Atente-se para este fato narrado por Lucas: “E o diabo, levando-o a um alto monte, mostrou-lhe num instante todos os reinos do mundo” (Lc 4.5).  Observe que foram mostrados a Jesus todos os reinos do mundo. Do alto do monte ele teve uma visão panorâmica do poder que impera neste mundo.   Mas Jesus resistiu.  E o diabo fugiu. “Resisti ao diabo, e ele fugirá de vós!”, nos ensina Tiago (4.7), irmão do Senhor. No Éden a serpente sugeriu que Eva não desse ouvidos a Deus, o qual alertara ao casal a respeito da morte como consequência pelo pecado da desobediência. No entanto, a serpente convenceu Eva

PREGUE SEM MEDO - JOHN MACARTHUR

Imagem

GUARDAR A FÉ

Imagem
por Delmo Fonseca | “Guardar uma coisa é vigiá-la, isto é, fazer vigília por ela, isto é, velar por ela, isto é, estar acordado por ela, isto é, estar por ela ou ser por ela”. [Trecho do poema  Guardar , de Antonio Cícero] A poesia se vale da metáfora para dizer o que não se consegue apenas com a prosa, ou seja, a poesia ilustra o essencial, aquilo que não pode ser descrito sob pena de se perder. Em outras palavras, a poesia guarda. Aquilo que é guardado e esquecido, na verdade foi sepultado e não guardado. Você se lembra de todos os papeis, roupas e endereços que já guardou? Se não, o que você fez foi enterrar na memória todas essas coisas em vez de guardá-las. Os melhores dicionários assim definem o verbo guardar:  tomar conta; zelar por, vigiar para defender, proteger, preservar.   Um vigilante, por exemplo, assume o compromisso de proteger o que lhe foi confiado. Ao aplicar esse raciocínio à fé, segue-se a pergunta: você tem guardado a sua fé? Ou melhor: voc

A GRAVIDADE E A GRAÇA - SIMONE WEIL

Imagem
A GRAVIDADE E A GRAÇA

PERCEBA A GRAÇA

Imagem

IDEOLOGIA: NÃO QUEIRA UMA PARA VIVER

Imagem
por Delmo Fonseca | “Os céus e a terra tomo hoje por testemunhas contra vós, de que te tenho proposto a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe pois a vida, para que vivas, tu e a tua descendência” (Dt 30.19) Ao perguntar pelo sentido da vida, o ser humano faz um bom uso de sua razão. Talvez pelo fato de muitos não apreciarem o valor da vida, acabam por banalizar a própria existência e desvalorizar a vida do outro. É dessa forma que o homem perverso, o “lobo em pele de cordeiro”, se move no mundo. Para ele a vida não possui valor algum; por isso, sem nenhuma piedade, rouba, mata e destrói. “O ladrão vem somente para matar, roubar e destruir...” (Jo 10.10). No entanto, há quem queira o melhor da vida e ainda não conheça os meios para obtê-la. Nessas horas as ofertam surgem aos borbotões. A ciência apresenta sua fórmula, a religião anuncia seus propósitos, a ideologia mostra suas artimanhas. O ser humano, que por muito tempo deixou-se guiar por tradições rel

AS FORMAS DO MAL

Imagem
por Marcia Fonseca | Toda maldade é fraqueza. A vaidade é uma ideia tediosa tecida no pensamento da busca incansável de atenção e popularidade, e também da insensibilidade e da autoilusão. O mal irrefletido é facilmente endossado. Há nele um olhar grave, utilitário, astuto e agressivamente silencioso. Esse olhar tem o viés do disfarce na subserviência, simulacro da falsa segurança. Decifrar o pensamento humano desprovido de melodia, aquele que subjaz as entrelinhas dos atos cotidianos, é basilar para a experiência do conviver. O mal está à espreita. É secretamente adorado quando o desejo de colonizar o sofrimento humano é um sintoma de insensibilidade e falta de sentido. Acreditar na banalidade do mal é pôr em xeque nossa cultura e nossas relações humanas. Assumir a máscara da fraqueza não é ser fraco. Felizes tempos em que as formas do mal eram evidentes. Hoje não sabemos mais quais são elas e onde estão. "Não vos canseis de fazer o bem, p

REDENÇÃO A PARTIR DA RENDIÇÃO

Imagem
por Delmo Fonseca “Pela revelação nós conhecemos a Deus; pela rendição conhecemos seus caminhos” - Watchman Nee Se você aprendeu que o ato de adorar a Deus se restringe a cantar na igreja, esqueça. Para entendermos a essência da adoração devemos reler o diálogo entre Jesus e a mulher samaritana: “Nossos antepassados adoraram neste monte, mas vocês, judeus, dizem que Jerusalém é o lugar onde se deve adorar. Jesus declarou: Creia em mim, mulher: está próxima a hora em que vocês não adorarão o Pai nem neste monte, nem em Jerusalém. Vocês, samaritanos, adoram o que não conhecem; nós adoramos o que conhecemos, pois a salvação vem dos judeus. No entanto, está chegando a hora, e de fato já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade. São estes os adoradores que o Pai procura. Deus é espírito, e é necessário que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade" (Jo 4.20-24). O que faz um adorador? Prostra-se. O que faz um verdadei

POR UM EVANGELHO PURO E SIMPLES

Imagem
por   Delmo Fonseca | Tornou-se comum ouvirmos a expressão “simples assim!”. A pergunta é: será que tudo o que nos é apresentado como simples é realmente simples? Expressões como: “fulano é uma pessoa simples”, “não repare, a casa é muito simples”, por exemplo, parecem significar gestos de humildade. Nem sempre o são. Há muita confusão entre os termos simples e  simplista, simples e simplório. Para início de conversa o simplismo, em sua essência, é um pecado. Por quê? O simplismo se configura como um vício que consiste em desprezar aquilo que é essencial, de modo que o simplista costuma deixar de lado o que é mais importante. E isto acontece em todas as áreas da vida. A simplicidade, por sua vez, dispensa os excessos, as extravagâncias, os exageros. O sujeito simples, diferentemente do simplista, busca aquilo é substancial. Nem mais nem menos, apenas o essencial. Neste sentido, podemos inferir que o simplismo é o que predomina em nossa cultura religiosa, pois é gritante

O PÃO DA MENTIRA E AS MEIAS VERDADES

Imagem
por Delmo Fonseca | O escritor Millôr Fernandes acertou no alvo quando disse: “O perigo de uma meia verdade é você dizer exatamente a metade que é mentira.” Em se tratando de religião, não é difícil constatar que boa parte dos discursos   que se apresentam como caminhos alternativos para o ser humano, apregoam meias verdades como se fossem a verdade em sua plenitude. Observa-se que a maioria destes discursos revelam o lado que não possui verdade alguma, isto é, a mentira pura e simples; enquanto uma minoria, não menos enganadora, apresenta nuances da verdade como se fosse a própria verdade. Vamos aos fatos: dizer que Deus é tão-somente uma energia cósmica que perpassa tudo e todos é uma mentira sem tamanho. Da mesma forma, dizer que algumas religiões são caminhos diferentes que levam a Deus - porque pregam meias verdades - é outra grande mentira. Afinal, o que é a verdade? Esta foi a pergunta que Pilatos fez a Jesus (Jo 18.38). Em outra ocasião Jesus havia afirmado, não p