sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

É IMPOSSÍVEL SER FELIZ SOZINHO



por Delmo Fonseca |

“Vou te contar/Os olhos já não podem ver/Coisas que só o coração pode entender/Fundamental é mesmo o amor/É impossível ser feliz sozinho” – Tom Jobim

Em sua canção “Wave”,  o maestro Tom Jobim acertou em cheio ao constatar a impossibilidade de se viver sozinho e ser feliz. Embora a felicidade total e irrestrita neste mundo não seja o objetivo de quem busca a Deus, pois o fim supremo e principal do homem é glorificar a Deus e gozá-lo para sempre, ainda que em meio a adversidades. No entanto, é incomparavelmente melhor quando se busca andar nos caminhos de Deus na companhia de quem se ama. Quando, no Éden, o Senhor adverte que “não é bom que o homem esteja só” (Gn 2.18), o que se segue é que o próprio Criador acalenta o coração do homem com uma companheira que lhe fosse suficiente.

Não se pode confundir solidão com solitude. A boa companhia espanta a solidão, a qual se configura como uma experiência angustiante. A boa companhia se torna um enlace, um só laço, uma só carne, no tocante a marido e mulher, quando vivenciados na presença de Deus. Assim sendo, nem raios ou trovoadas podem desintegrar este bloco único denominado matrimônio. “Duas pessoas podem resistir a um ataque que derrotaria uma delas se estivesse sozinha. Uma corda de três dobras é difícil de arrebentar” (Ec 4.12).  E aos que se encaminham para esta sagrada união, há de se compreender desde já que será sempre aos pés da cruz que uma união se molda.

É realmente impossível ser feliz sozinho, por isso herdamos do Senhor a potência do amor, que longe de ser um mero sentimento, se constitui como afeto. E quem recebe e dá afeto, experimenta a dupla felicidade de amar e ser amado. 

Soli Deo Gloria

Nenhum comentário:

Postar um comentário